Como usar os óleos essenciais

downloadCOMO UTILIZAR OS ÓLEOS ESSENCIAIS

ÓLEOS ESSENCIAIS em MASSAGENS – Para formular uma porção suficiente para uma massagem, adicione de 2 a 3 gotas de óleo essencial para cada colher (sopa) de base de óleo vegetal.

ÓLEOS ESSENCIAIS em COMPRESSAS – Coloque de 5 a 10 gotas de óleo essencial num recipiente com água morna; embeba uma toalha nesta mistura e aplique sobre a área afetada. Repita de forma a manter a área sempre coberta e aquecida.

UTILIZAR OS ÓLEOS ESSENCIAIS em BANHOS – Adicione de 4 a 8 gotas de óleo essencial em uma banheira de água morna. Em caso de peles sensíveis, dilua as essências em uma colher (chá) de óleo vegetal. Use de 3 a 5 gotas em escalda-pés ou banho de assento.

UTILIZAR OS ÓLEOS ESSENCIAIS em INALAÇÕES – Adicione de 5 a 6 gotas de óleo essencial num recipiente com água fervente. Coloque uma toalha cobrindo a cabeça e o recipiente e inale o vapor durante alguns minutos. Outra alternativa é colocar de 3 a 4 gotas em um lenço e cheirá-lo rapidamente.

ÓLEOS ESSENCIAIS em AROMATIZAÇÃO, Spray – Adicione algumas gotas de óleo essencial em um borrifador com água. Em aromatizadores com vela, coloque uma colher(sopa) de água morna com algumas gotas do óleo. Para manter o nível da água, complete com água morna. Colocar até 8 gotas de óleo essencial com água; até 20 gotas de óleo essencial para cada 50 ml de água/álcool de cereais(vodka),em parte iguais.

Difusão: Uma das maneiras mais seguras de utilizar os óleos essenciais é com um difusor de ambientes e perfumar a casa ou quarto com o aroma escolhido e sentir todos os benefícios que ele pode trazer tanto para o corpo, mente, emoções e energéticamente.

Fricção: 1 ou 2 gotas de óleo essencial diluída em pequena quantidade de óleo vegetal para friccionar o local.
ADVERTÊNCIAS:

1) Mantenha os óleos essenciais fora do alcance das crianças e animais;
2) Não use um óleo essencial internamente, somente com prescrição de profissional qualificado;
3) Não utilize óleos puros diretamente sobre a pele;
4) Não esfregue os óleos após usar um óleo, lave bem as mãos
5) Durante a gravidez alguns óleos devem ser evitados. Consulte um médico, farmacêutico ou aromaterapêuta. A diluição deve ser baixa (menor que 1%);
6) Epilépticos devem usar óleos com cuidados. Verificar as advertências do óleo;
7) Os óleos cítricos aumentam a sensibilidade ao sol, deve-se evitar exposição
8) Alguns óleos são incompatíveis com medicamentos homeopáticos, principalmente aqueles que contém cânfora ou mentol em sua composição;
9) Evitar o uso prolongado de um óleo essencial (máximo 1 mês).
10) Mantenha íntegro o rótulo do óleo, não confie na identificação pelo odor, pois pode haver confusão.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *