O Poder dos Óleos essenciais

oleos-essenciais-poderesOs óleos essenciais em essência

Os óleos essenciais tem um perfil bioquímico designado por QuimioTipo, e este perfil bioquímico revela as suas componentes bioquímicas.

Os Óleos essenciais analisados na sua estrutura molecular, identificam-se agrupamentos moleculares em diversos Quimiotipos que se distinguem por, cetonas, fenóis e monoterpenos, entre outros.

Devido à sua constituição Bioquimica diversificada, os Óleos essenciais, beneficiam de uma vasta gama de propriedades, que podem ser exploradas de diversas formas e podem consideradas terapêuticas.

O Poder dos Óleos Essenciais

Normalmente os Óleos essenciais são utilizados como uma via terapeutica e servem para tratar o SER HUMANO de uma forma generalizada.

Os óleos essenciais podem fazer cura dos 4 planos envolventes do Ser Humano:

  • Plano Emocional – Acesso à memória inconsciente – elemento ÁGUA
  • Plano Mental – Acesso à estrutura de pensamentos – elemento AR
  • Plano Física – Corpo físico como matéria e ligação aos apêgos terrenos –  elemento TERRA
  • Plano Energético – Associado à Vitalidade, Prana, Alegria de Viver, sistema Imunitário – Elemento FOGO

Antes de qualquer manifestação no corpo físico, tudo se passa em primeiro lugar em planos mais subtis. Embora, o poder dos óleos essenciais atue nos planos mais densos, como o corpo físico, é nos planos mais subtis que que o seu poder de ação pode desempenhar um papel mais poderoso e preventivo de manifestações de desequilíbrios mais avançados que, em ultimo grau se manifestam em desequilíbrios visíveis, sejam eles físicos, mentais ou emocionais.

A Estrutura subtil das Plantas/Óleos essenciais

  • Estrutura Física – Ligação à terra e propriedades físicas da planta, oligoelementos, minerais, metais
  • Estrutura Energética – Prana, vitalidade, essência de vida
  • Estrutura Mental – Ligação/Interação que proporciona a cura
  • Estrutura emocional – memória/sentir, ligação empática associada aos processos de identificação ao que tem de ser curado

 

 

 

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *